Federação Paulista de Antigomobilismo

GP do Brasil, traz mais uma vez clássicos para a abertura

Max Verstappen exibiu uma pequena bandeira brasileira em seu carro, Gasly optou por vestir a camisa da seleção brasileira, e Alonso usou um boné nas cores verde e amarelo antes da corrida em São Paulo.

O desfile dos pilotos antes das corridas já é uma tradição, e no Grande Prêmio do Brasil, a tradição faz sucesso entre os pilotos e equipes: os pilotos usam acessórios nas cores verde e amarelo. Cada piloto desfilou individualmente em carros antigos, o que proporcionou a oportunidade para alguns deles demonstrarem seu carinho pelo Brasil.

(Lewis Hamilton, foto: REUTERS/Amanda Perobelli)
(Gasly, foto: Mark Thompsom/Getty Images)

Lewis Hamilton foi calorosamente aplaudido, como era de se esperar, enquanto ele exibia com orgulho a bandeira do Brasil durante todo o percurso. O heptacampeão, que se tornou cidadão brasileiro honorário no ano passado, é o favorito dos torcedores que lotam as arquibancadas do Autódromo de Interlagos. Ele prestou homenagem a Ayrton Senna ao usar uma jaqueta com o rosto do lendário piloto pintado durante a semana e correu com um capacete especial nas cores do Brasil, com o desenho do Cristo Redentor. Nas redes sociais, ele compartilhou uma foto com a bandeira e escreveu em português e inglês: “Levando tudo o que posso para a batalha de hoje. Brasil, como sempre, o amor aqui é lindo. Não há lugar como aqui.”

(Verstappen, foto: Mark Thompson/Getty Images)
(Oscar Piastri, foto: Buda Mendes/Getty Images)

Outros pilotos também mostraram seu carinho pelos torcedores brasileiros. Pierre Gasly, por exemplo, vestiu uma camisa da seleção brasileira, após já ter usado um boné com a assinatura de Ayrton Senna durante a semana. Max Verstappen colocou uma pequena bandeira do Brasil presa à frente do para-brisa de seu carro, assim como fez Oscar Piastri. E Fernando Alonso usou um boné colorido nas cores verde, amarelo e azul.

Além da conexão entre pilotos e público, a presença de carros antigos (clássicos), presente no Grande Prêmio do Brasil, também é uma uma tradição de longa data; Durante toda a história do GP Brasil, inúmeros clássicos entraram apara a história do evento, mesmo sem estar diretamente ligados na disputado, apenas fazendo parte dos bastidores.

A tradição brasileira de desfile de clássicos, tem ganho adeptos em outras etapas do campeonato mundo, como por exemplo no Grande Prêmio do México, onde a presença dos clássicos na abertura da corrida, levantou o público e animou os pilotos. De qualquer forma, o desfile é um grande atributo para ligar o passado ao presente e tentar resgatar o prestígio da Fórmula1 que tem se perdido nas últimas décadas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Gostou do conteúdo? Compartilhe!

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

Três décadas do Plano Real

Neste mês de julho, comemoramos os 30 anos do Plano Real, uma transformação econômica que mudou o Brasil a partir de 1º de julho de 1994. Esta data marca o início da estabilidade econômica e o fim da hiperinflação, que atingia 2.700% ao ano. Esse cenário impactou profundamente o mercado automobilístico, onde os carros usados muitas vezes eram mais caros que os novos, devido ao ágio.

Leia mais »

7° Confraria de Carros Antigos

A 7ª edição da Confraria de Carros Antigos de Goiânia já tem data marcada, abrindo a temporada 2025 e prometendo encantar os amantes de veículos clássicos nos dias 18 e 19 de janeiro de 2025. O evento imperdível, o organizado pela nossa filiada em Goiás, APCAR, reunirá colecionadores, entusiastas e admiradores de carros antigos para celebrar a história e a beleza automotiva.

Leia mais »

Três décadas do Plano Real

Neste mês de julho, comemoramos os 30 anos do Plano Real, uma transformação econômica que mudou o Brasil a partir de 1º de julho de 1994. Esta data marca o início da estabilidade econômica e o fim da hiperinflação, que atingia 2.700% ao ano. Esse cenário impactou profundamente o mercado automobilístico, onde os carros usados muitas vezes eram mais caros que os novos, devido ao ágio.

Leia mais »

7° Confraria de Carros Antigos

A 7ª edição da Confraria de Carros Antigos de Goiânia já tem data marcada, abrindo a temporada 2025 e prometendo encantar os amantes de veículos clássicos nos dias 18 e 19 de janeiro de 2025. O evento imperdível, o organizado pela nossa filiada em Goiás, APCAR, reunirá colecionadores, entusiastas e admiradores de carros antigos para celebrar a história e a beleza automotiva.

Leia mais »

Repercutiu Ferrari Dino 208 GT4 1975

Para a galera que gosta de estar antena no mundo dos leilões, está em andamento o leilão de uma FERRARI DINO 208 GT4 1975 no site da “Sanches Leilões”. O veículo, que se encontra em péssimo estado de conservação e foi avaliado como sucata, mas está sendo bastante comentado no nosso setor do antigomobilismo.

Leia mais »